Paulo Afonso

Notícias

pilha de vigas pré moldadas

Diferenças entre os pré-moldados e os pré-fabricados

Pré-moldados e pré-fabricados: Quando se fala de concreto, é normal ouvir esses dois termos. Mas sabemos realmente qual a diferença entre os dois? Vamos discutir isso logo a seguir.

Antes é necessário entender que esses elementos se referem a vigas, pilares e até paredes de construções. Esses “pedaços” são feitos antes da implantação no local de destino, e só então transportados até lá e instalados. E por mais que essas expressões muitas vezes sejam usadas como sinônimos, moldados e fabricados não são a mesma coisa.

O que separa um do outro é a ABNT NBR 9.062/2006. O Projeto e Execução de Estruturas de Concreto Pré-Moldado, da Associação Brasileira de Normas Técnicas diz que todos os objetos feitos previamente e fora do seu local definitivo são pré-moldados. Seu controle de qualidade não exige laboratórios próprios, mas deve ser realizada normalmente.

Para que servem?

Essas peças são fundamentos de uma construção modular. Pilares, terças, vigas, tesouras que seguram telhados e muito mais. São extremamente úteis na hora de construir barracões, galpões, ginásios e estações industriais de trabalhos. Seja uma grande borracharia ou um depósito de materiais, pré-moldados com certeza estarão presentes.

Eles também podem ajudar na hora de construir lajes, fachadas e erguer paredes. Não é incomum ver grandes pedaços de paredes sendo colocados em barracões para encurtar o tempo de trabalho necessário para concluir a obra e iniciar as operações.

Em suma, esses artefatos existem para estimular o rendimento dos negócios ao cortar tempo de trabalho e diminuir os custos de construção.

 

E o que são os pré-fabricados?

Já os pré-fabricados são o que as próprias palavras dizem: feitos de forma industrial, em instalação fixa com ambiente laboratorial próprio. A norma também diz que, para ser considerado um pré-fabricado, certos equipamentos devem obrigatoriamente ser empregados e a mão de obra deve ser devidamente qualificada e treinada. Os processos de controle são mais rigorosos.

Isso significa que, segundo essa mesma norma, diversas especificações devem ser atendidas. Por sua vez, isso quer dizer que para ser considerado e homologado como um produto pré-fabricado, ele deve conter o melhor concreto possível.

Síndrome do Pânico – você conhece essa condição?

Existem diversos tipos de transtornos psicológicos e um desencadeado em grande parte da população é a Síndrome do Pânico. Mas será que você sabe o que é essa condição?

A Síndrome do Pânico é um transtorno mental de ansiedade, onde a pessoa tem crises de medo intenso – ainda que não haja nenhum risco em vista. Essas crises são recorrentes e muitas vezes incompreendidas.

Quais os sintomas da Síndrome do Pânico?

O problema na identificação da síndrome do pânico é que muitas vezes seus sintomas são confundidos com outras doenças, afinal, não é só a ansiedade que carrega os sintomas. As sensações físicas também são muito presentes. Confira três sintomas característicos do transtorno:

  1. Hiperventilação: respiração acelerada e rasa;
  2. Estresse extremo: aumento dos batimentos cardíacos, náusea e desequilíbrio hormonal;
  3. Psicossomático: quando o cérebro cria sintomas para “enganar” o corpo.

Sintomas de um ataque de pânico - Infográfico
Fonte: Sintomas de um ataque de pânico – Infográfico”

Além disso, a pessoa pode enfrentar:

  • Sensação de perigo iminente
  • Medo de perder o controle
  • Medo da morte ou de uma tragédia iminente
  • Sentimentos de indiferença
  • Sensação de estar fora da realidade
  • Dormência e formigamento nas mãos, nos pés ou no rosto
  • Palpitações, ritmo cardíaco acelerado e taquicardia
  • Sudorese
  • Tremores
  • Dificuldade para respirar, falta de ar e sufocamento
  • Hiperventilação
  • Calafrios
  • Ondas de calor
  • Náusea
  • Dores abdominais
  • Dores no peito e desconforto
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Desmaio
  • Sensação de estar com a garganta fechando
  • Dificuldade para engolir

Como tratar a Síndrome do Pânico?

A Síndrome do Pânico não tem uma “cura”, por assim dizer. Mas é possível tratá-la. É o chamado “remissão de sintomas”.

O tratamento deve ser realizado com o apoio de um psiquiatra, acompanhamento de consultas e uso de remédios controlados.

É aconselhado também a prática de atividades físicas.

o que é um pré-moldado?

Está construindo a sua casa ou está fazendo projetos maiores e precisa de uma peça pré-fabricada. Não sabe onde comprar nem o que é um pré-moldado? Não de desespere, explicaremos tudo para você!

Concreto pré moldado e concreto pré-fabricado

A determinação das especificações vem da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que fez a revisão da NBR 9.062 em 2017. Ela trata de Projetos e Execução de Estruturas de Concreto Pré-moldados. Definindo para todos os projetos que utilizam concretos uma norma a ser seguida.

As peças pré-fabricadas de cimento são produzidas em empresas especializadas ou industrias. São feias em um sistema de produção rápido, eficiente e de qualidade – uma vez que todos as etapas passam por avaliações, documentações e testes.

Uma dica importante na hora de decidir investir em pré-fabricados na sua obra é verificar se a empresa atua conforme as regras da NBR 9.062 e se ela apresenta a documentação correta. Nele deve constar o tipo de material que foi feito, data de fabricação e assinatura dos responsáveis pela inspeção.

Diferenças

A diferença de um pré-moldado e um pré-fabricado é a qualidade, pois passam por características e etapas diferentes. A peça pré-fabricada a cada etapa de fabricação passa por uma fiscalização. Já a pré-moldada tem de ser fiscalizada peça por peça ou por amostragem

Se você deseja adquirir ou obter mais informações sobre pré-fabricados, consulte a Artecil, uma empresa que atua em Curitiba desde 1986 que pode fazer um orçamento e lhe dar dicas no uso deste tipo de material na construção que está realizando. Há também outras empresas no mercado que pode lhe dar um apoio.

Por isso, uma boa dica na hora de executar uma obra, é comparar preços e verificar se a empresa atende as normas que a lei impõe para um mercado mais justo e seguro. Dessa forma a sua construção terá um atestado de qualidade e segurança!

Depressão, como evitar?

Como saber se estou com depressão ? Como ajudar alguém com depressão? Essas são perguntas que geralmente muitas pessoas não fazem, pois a depressão muitas das vezes é silenciosa, não é como uma gripe ou dor que têm alertas a todo o momento disparados no organismo. A depressão chega por algum motivo, fica e quando você vê já está com a sua vida afetada de alguma forma.

 

Depressão na adolecência

Ilustração: Henn Kim

Sintomas

 

Alguns sintomas que pode ajudar a você reconhecer se está com essa doença ou não. Preste atenção se está triste por algum motivo e por muito tempo, a tristeza, assim como a felicidade são sentimentos normais que nos visitam todos os dias.

É como se os nossos sentimentos fossem como uma montanha-russa, hora lá em cima, hora lá embaixo, hora lá em cima de novo e assim por diante em um dia normal. Quando a tristeza ou acídia começa a se prolongar por mais de um dia, por semanas, meses e até anos – procure um médico, você provavelmente está com depressão!

Outras características são: o pessimismo, o cansaço, a frequente inferiorização, a desesperança, falta de vontade, ânimo para fazer as coisas, o não desejo de passear ou sair de casa, pensamentos relacionados à morte, falta de sentido na vida, apatia, indiferença.

Existem também os efeitos biológicos como perda ou ganho de peso, fobia por comer de mais ou tendências anoréxicas, insônia, dores corporais sem explicação. Quem sofre dessa doença geralmente se descuida do visual, como cortar o cabelo ou se arrumar para sair, entre outras atividades simples devido à falta de gostar de si próprias.

Origens

 

Existem vários fatores e inúmeras causas. Cada pessoa tem um motivo singular para a sua acídia. O bullying que muitos jovens sofrem pode causar a depressão na adolescência. A sociedade ainda segue modelos construídos socialmente, o que dificulta a aceitação daquilo que não está de acordo com o padrão.

Por exemplo, há vários casos de jovens que sofrem preconceitos por estarem acima do peso, por terem orientação sexual diferente, por serem negros ou de famílias menos abastadas. Essa pressão que sofrem além das humilhações, pode registrar marcas na psique do indivíduo ao qual terá dificuldade em superar – ocasionando sintomas depressivos e outras desordens psicológicas.

Outro motivo relacionado à origem pode estar ligado ao nosso superego. O superego faz parte da nossa personalidade como definiu Freud e é um construto, ou seja, não está localizado exatamente em nenhuma parte do cérebro, mas faz parte dele.

Um exemplo pode ser a de uma mãe que é bailarina e quer que sua filha seja bailarina. Ou seja, há uma pressão, algo lhe dizendo o que ela deve ser (superego). O superego pode ser entendido como modelos a serem seguidos. O que acontece é que talvez essa filha não queira ser bailarina, e isso vai ocasionar um conflito interno no qual pode evoluir para uma depressão na adolescência se não for decidida de maneira sem causar traumas.

 

Saiba como personalizar o seu capacho

Não sabe como fazer capachos personalizados? Quer dar cara nova ao seu tapete de entrada e nos tapetes do seu banheiro? Veja agora algumas dicas que podem te ajudar a personalizar o seu capacho e harmonizar com ambientes da sua casa.

 

Capacho personalisado que combina com piso laminado

Tintas

 

A primeira coisa a fazer é pensar se você realmente quer personalizar um item da sua casa. Depois pense e até desenhe no papel o que você deseja de resultado final no seu capacho. Ele pode combinar muito bem com pisos laminados e pisos vinílicos .

Após planejar é hora de escolher as cores e as tintas. Escolha tintas em spray e se for usar tintas acrílicas ou a óleo busque sempre as de qualidade. Tinta guache sai aos poucos com a umidade e não tem muita aderência.  Pense também nas cores, elas têm importância fundamental no resultado do seu produto.

Moldes e formatos

 

Agora que planejou e já tem as tintas que você quer aplicar, a dica é providenciar os moldes que servirão para os formatos que do design do seu capacho personalizado. Por exemplo, vamos supor que terá um smile feliz, isto significa que você terá que ter um molde circular para tingir de amarelo um circulo perfeito. É claro que você não vai querer nada torto e borrado.

O que está na moda é escrever palavras otimitistas e frases – o que pode ser feito com um estêncil. O estêncil também pode ser o molde de rostos e figuras, basta apenas passar a tinta de spray por cima e pronto! Você tem o rosto da Frida Kahlo ou de outro artista no seu capacho.

 

Capacho personalizado que combina com piso vinílico
Outra ideia é usar esponjas para fazer frutas como melancias ou alimentos como pizzas. Os formatos geométricos e os zigues-zagues estão em alta e podem ser feitos com a utilização de fita crepe ou uma fita para demarcação de piso. Seu capacho personalizado fica com cores e formatos incríveis!

Consulte o blog da Kapazi e obtenha mais informações sobre usos, decoração e tudo mais sobre o mundo dos tapetes. Eles são peças indispensáveis na hora de decorar uma casa e podem auxiliar na sua segurança dentro de casa.

As melhores marcas de veículos do mundo

A consistência é a chave. A análise anual do consumidor revela que algumas marcas exibem desempenho de alto nível em suas linhas. Muitos outros não.

Na nossa análise de 2017 sobre quais marcas de automóveis fazem os melhores veículos, a Audi assume a posição de topo pelo segundo ano consecutivo, seguido da Porsche, BMW, Lexus e Subaru. Embora estes sejam os mesmos cinco melhores do ano passado, a Porsche e a BMW subiram, e Lexus e Subaru derrubaram. Para saber mais sobre lançamentos de veículos 2017, acompanhe nosso site.

Este ano, Chrysler, Acura, Infiniti e Cadillac foram os mais movimentadores ascendentes. Chrysler subiu sete lugares, e as outras três marcas subiram seis lugares em comparação com o ano passado.

Algumas das marcas destacadas beneficiam de uma lista minúscula. Tesla, a marca americana mais bem classificada, ganha sua posição com base em apenas dois modelos. Da mesma forma, a Chrysler possui um dos melhores resultados de testes de estrada, mas isso também se baseia em apenas dois modelos: os 300 e Pacifica (Low Scores Globais impedem que ambos sejam recomendados). Fiat, Jeep, Mitsubishi e Land Rover permanecem obstinadamente presos na parte inferior da lista.

Para chegar ao ranking, nós calculamos a média das pontuações gerais para carros novos de todas as principais marcas automotivas com base nos veículos que adquirimos e testamos, então os classificamos. As marcas com apenas um modelo testado foram omitidas.

A pontuação geral é a combinação de nossos testes rodoviários, confiabilidade prevista, satisfação do proprietário e segurança. Para cada marca, indicamos a porcentagem de modelos testados que obtiveram uma designação recomendada. Esta porcentagem revela uma diferenciação significativa. Somente a Porsche, a BMW e a Mazda obtiveram uma recomendação em cada modelo que testávamos. Audi, Honda e Hyundai lideram as outras marcas, sendo recomendadas 86 por cento das suas linhas testadas.

De ano para ano, vemos movimentos no ranking da marca devido a mudanças na confiabilidade e nos novos testes rodoviários. O Subaru caiu do segundo ao quinto lugar porque o legado e o Outback anteriormente confiáveis ​​agora são classificados apenas como média, e o WRX / STI caiu para abaixo da média. Da mesma forma, o Mini caiu 11 lugares porque o incomum Cooper e Clubman pesaram a pontuação geral média. Volkswagen caiu oito pontos porque a sua confiabilidade caiu da média do ano passado para abaixo da média em 2017.

Como saber qual o carro ideal para mim?

Como você encontra o carro que irá atender às suas necessidades nos próximos anos? Basta um pouco de pesquisa e planejamento. Quando você conhece o tipo de carro que deseja, você pode decidir se quer comprar um carro novo, arrendar um carro novo ou comprar um carro usado.

Se você tiver alguma dúvida ao longo do caminho, entre em contato com a equipe para obter assistência gratuita. Também podemos compará-lo com um conselheiro de compra de automóveis, que pode ajudá-lo onde quer que esteja no processo de compras.

  1. Avalie suas necessidades

Tanto quanto você gostaria de sonhar com o que você quer em um carro, é melhor pensar mais sobre o que você precisa – não apenas agora, mas também no futuro. A funcionalidade deve superar a ansiedade. Aqui estão algumas considerações práticas a ter em mente:

  • Quantos passageiros você precisa transportar?
  • Que tipo de condução você faz: rodovia, ruas de superfície, off-road?
  • Você vai dirigir no gelo e na neve?
  • Você tem uma longa viagem e, por isso, a economia de combustível é importante para você?
  • Você precisa de uma tração nas quatro rodas?
  • Quais são os recursos de segurança importantes para você?
  • Você precisa de muita capacidade de carga?
  • Você estará usando assentos de carro para crianças?
  • Você vai fazer qualquer reboque?
  • Quantas vagas de garagem ou espaço de estacionamento você tem?
  1. Defina seu orçamento

A menos que você esteja pagando em dinheiro pelo seu carro, você precisará pensar em financiar sua compra ou arrendamento. Quanto você pode realmente dar ao luxo de alocar para um pagamento de carro a cada mês? A regra geral não é mais do que 20% do seu salário mensal de acolhimento.

  1. Decida se deseja alugar ou comprar

Arrendamento e compra cada um tem prós e contras, e o que você sente sobre isso pode ajudar a orientar sua decisão sobre a rota a seguir.

Por exemplo, um contrato de arrendamento exige pouco ou nenhum dinheiro para baixo e oferece pagamentos mensais mais baixos. Mas quando o arrendamento termina, você não tem carro e precisa fazer compras de novo. Por outro lado, comprar um carro é mais caro inicialmente, e os pagamentos mensais são maiores. Mas quando você paga o empréstimo, você terá um carro que você pode dirigir, desde que ele seja executado.

A desintoxicação do organismo vai além dos sucos – Conheça o jeito certo

A desintoxicação é uma das melhores maneiras holísticas de manter o corpo saudável e acabar de vez com as dores de cabeças inexplicáveis,  mal funcionamento do intestino e até a perda de memória. A desintoxicação melhora até a beleza: fortalece cabelos e unhas, trata reações alérgicas. Tudo isso somente com a liberação de produtos químicos perigosos para fora do seu organismo.

Outro benefício de desintoxicação é o fígado, rins e sangue de purificação que não iria ocorrer em uma dieta regular. Quando o sistema imune fica estimulado, o sistema hormonal experimenta um impulso, reduzindo o corpo a dependência de substâncias como o açúcar, cafeína, nicotina ou álcool.

A curto prazo, programas de desintoxicação podem incluir: 24 horas de jejum de sumos, terapia de quelação (um toxicologia de tratamento para a remoção de metais pesados a partir do sistema), limpeza do cólon (colonics), limpeza de pele, e injeções intravenosas.

A longo prazo, programas de desintoxicação, que deve incluir, mas não estão limitados a, alterações da dieta, como evitar carnes, alta de hidratos de carbono ou adoçantes, além de comer mais frutas e legumes ou alho.

Beber líquidos—água, vegetais e sucos de frutas, chá de ervas e tomar vitaminas ou suplementos podem ajudar a eliminar as toxinas do sistema, mas do exercício (tal como o yoga e o tai chi chuan) pode ajudar a controlar o estresse e os níveis de energia, também. Por terapias alternativas, tentar a homeopatia, a acupuntura, ou hidroterapia—tomar um banho quente, por cinco minutos, e a seguir com 30 segundos de água fria. Da mesma forma, outros de estresse métodos de alívio incluem massagens, banhos de ervas

Porque você deve desintoxicar o seu corpo – Quais são os benefícios?

Nós ouvimos a palavra “detox” e uma gama de idéias de como deveríamos mudar nossa rotina e tornarmo-nos mais saudáveis, normalmente alimentos modificações e restrições, vêm à mente. Ele pode ser um suco rápido, tablets, produtos de beleza, o uso de diuréticos, magia vitaminas, minerais ou ‘limpeza de alimentos”. No entanto, antes mesmo de começar a desintoxicação, o que é super importante para entender o “porquê” nós devemos fazer a  desintoxicação.

Por Que Eu Deveria Detox?

Da mesma forma que o seu corpo precisa de umas férias de sua rotina de trabalho, seu corpo também precisa de uma pausa para recarregar. Ao longo do tempo, nosso corpo começa a executar para baixo a partir dos alimentos não saudáveis como  cafeína, álcool, stress, toxinas no nosso dia a dia e hábitos pouco saudáveis que esgueirar-se em nossa vida diária.

Uma desintoxicação dá ao seu corpo o tempo, espaço e condições adequadas para lidar com os fatores que dirigem os nossos sistemas para baixo. Esta ruptura restaura o equilíbrio e vitalidade ao nosso corpo uma vez mais!

Todos nós estamos nos esforçando para ter um corpo saudável, e dentro deste corpo saudável é um dos rins, fígado, pele e um par de pulmões que estão trabalhando para desintoxicar o corpo para a direita agora. Ele está lutando contra as toxinas que estão presentes quando nós ingerir e inalar toxinas a partir de coisas como carros, cigarros, as emissões de carbono e herbicidas/pesticidas nos alimentos que comemos.

A desintoxicação do organismo é feito por muito líquido e alimentos saudáveis que irão retirar todas as substâncias acumuladas e que fazem ao seu organismo.

Só que é sempre bom lembrar que para que ele seja efetivo não basta ficar tomando e comprando alimentos com a embalagem “Detox“, ele deve seguir regras para funcionar. Existem programas que te ensinam a realizar essa tarefa como por exemplo o Plano Detox. Veja como funciona Plano Detox e entenda como ele pode te guiar para a desintoxicação completa do seu organismo.

Aqui estão algumas razões para que seu corpo iria se beneficiar de uma abordagem holística, natural de desintoxicação:

  • Prevenção de doenças crônicas
  • Imunidade Mais Forte
  • Assistência na perda de alguns quilos
  • Melhorar a qualidade de vida
  • Aumento dos níveis de energia
  • Radiante, brilhante pele
  • Ajuda sair a comida orientado a montanha russa emocional

Top 10 Carros antigos mais famosos do mundo

Indiscutivelmente o carro é uma paixão mundial. Independente do país, credo ou cultura, os carros conseguem atrair diversos fãs, que procuram saber o máximo possível, como: ano de fabricação, potência do motor, mecânica, história, enfim, tudo possível. Mas não são apenas os carros mais novos e toda a tecnologia que os envolvem que chamam a atenção desse público fiel. Boa parte dos amantes de carros preservam o fascínio pelos carros antigos e todo glamour e elegância desses possantes, que fizeram sucesso em suas épocas.

Listamos abaixo o 10 carros antigos mais famosos do mundo. Confira cada detalhe deles e escolha o seu favorito.

10 – Chrysler Dodge

O carro foi lançado em 1914 pelos irmãos John e Horace Dodge, que construíram um sonho que já vinha sendo planejado desde 1900. Fundaram a Dodge Brothers que fez muito sucesso na época. Na década de 20, os irmãos faleceram e a montadora foi incorporada ao grupo Chrysler, que deu continuidade aos projetos iniciados pelos irmãos, principalmente o Dodge, que passou a se chamar Chrysler Dodge.

9 – Ford Galaxie

O Ford Galaxie foi lançado pela montadora Ford nos Estados Unidos em 1966. Já em 1967 o carro passou a ser produzido no Brasil, baseado no modelo do carro americano. O carro era uma verdadeira paixão nacional e o sonho de consumo de todos os motoristas. Seu design arrojado e a grande potência fizeram do carro um dos mais vendidos da época.

8 – Cadillac Fleetwood

Apresentando um estilo diferente, muita beleza e potência, o Cadillac Fleetwood começou a ser fabricado na década de 20 e só encerrou suas atividades na década de 90. Os primeiros modelos lançados foram produzidos na cidade de Fleetwood, Estados Unidos, pela empresa com o mesmo nome da cidade. O diferencial do carro estava na possibilidade do comprador escolher a carroceria que melhor lhe agradasse, podendo adquirir o sedan com um, dois, três e até sete lugares. O Cadillac Fleetwood permaneceu em produção até 1997, quando a fábrica resolveu abandonar o projeto.

7 – Ford Landau

Em 1971 a Ford lançava um carro que se diferenciava dos demais devido ao seu charme, espaço interno, conforto e silêncio. Durante muito tempo, o carro foi utilizado como transporte oficial do Presidente da República do Brasil e foi um dos preferidos dos brasileiros amantes de carro. A produção do Landau foi encerrada pela Ford no ano de 1983, após pouco mais de 12 anos de muito sucesso.

6 – Mercedes w113 Pagoda

Produzido entre os anos de 1963 e 1971, o Mercedes w113 Pagoda possuía um design diferenciado que privilegiava seus usuários. Com tetos mais altos nas laterais, o carro proporcionava mais conforte e facilidades para entrar e sair. A origem do nome “Pagoda” é devido ao teto ser muito semelhante aos tetos das Pagodas (templos asiáticos).

5 – Gordini

Lançado no Brasil em 1962, o Gordini fazia parte da linha Dauphine e diferenciava-se dos demais carros da sua linha devido ao seu tamanho compacto, economia, beleza e resistência, além de um motor potente que o equipava. O último modelo produzido foi no ano de 1962, quando o Gordini foi substituído pelo Corsel. A fama do Gordini se mantém até hoje, e podemos encontrar na internet sites especializados nesse modelo.

4 – Porsche 356

O primeiro carro lançado com a marca Porsche nasceu no ano de 1948 e recebeu esse nome por ter sido o 356º projeto realizado pelo escritório de design da montadora. Isso mostra que o Dr. Ferdinand Porsche era muito exigente em seus projetos. Muito se discute sobre a origem desse modelo. Alguns acreditam que ele foi derivado do Fusca, devido à proximidade do Dr. Ferdinand Porsche com a Volkswagen (ele trabalhava nos projetos da Volkswagen). O último modelo fabricado dessa linha saiu da fábrica no ano de 1965. Até hoje esse modelo é muito admirado pelos fãs e colecionadores da marca. Um Porsche 356 em bom estado chega a valer aproximadamente 150 mil dólares.

3 – Alfa Romeo Giulia

Lançado em 1966, o Alfa Romeo Giulia não agradou os críticos e consumidores, que não deram a devida importância para o modelo. A própria Alfa Romeo reconheceu que poderia ter feito um carro melhor e tratou de desenvolver melhorias. Porém, com o passar dos anos, o carro começou a ser visto como algo muito além de sua época, e aquilo que era rejeição passou a ser uma grande admiração. A linha Giulia foi produzida até 1993, mas com o decorrer dos anos, foi ganhando novos nomes e estilos.

2 – Passat

O Passat foi um dos carros mais importantes fabricados pela Volkswagen. Seu lançamento, em 1973 foi decisivo para impulsionar as vendas da montadora alemã, já que o Fusca enfrentava grandes dificuldades em seu mercado. O Passat foi um dos primeiros carros familiares produzidos na Europa e chegou ao Brasil em 1974, onde foi sucesso absoluto em vendas. A origem do nome Passat vem do nome de um dos ventos que sopram na Europa. O carro é produzido até hoje, passando por diversas mudanças e acompanhando a evolução da tecnologia e dos conceitos ligados aos carros.

1 – Fusca

O carro pioneiro da montadora Volkswagen, o Fusca foi sinônimo de sucesso e grandes vendas durante anos. Foi o primeiro carro a ultrapassar a barreira 16,5 milhões de unidades vendidas. O primeiro modelo foi fabricado no ano de 1938 e se entendeu até 2003, quando a fábrica da Volkswagen no México produziu a última unidade. A história do Fusca está inteiramente associada à história alemã. O projeto foi concebido com base no conceito de carros populares voltados para a população menos favorecida. Com o apoio do governo alemão e de várias empresas, nascia o Fusca, que após a Segunda Guerra Mundial ganho o mundo e tornou-se a grande referência da Volkswagen.

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén