quarta-feira, 31 de março de 2021

Como vencer a insônia e ter ótimas noites de sono?

A insônia é um distúrbio muito comum, principalmente quando se vivência situações de estresse, depressão, ansiedade, doenças, entre outras. 

A seguir, falamos mais sobre esse problema e damos dicas de como vencer a insônia. Confira e adote todas para ter ótimas noites de sono!

 

O que é a insônia?

A insônia é um distúrbio no qual a pessoa enfrenta dificuldade para realizar todo o processo do sono, ou seja, para iniciá-lo e mantê-lo durante toda a noite.

De modo geral, pacientes com insônia não conseguem pegar no sono facilmente ou acordam muitas vezes durante a noite. Inclusive, há aqueles que despertam durante a madrugada e não conseguem mais dormir. 

pessoa com insonia deitado na cama

O que causa a insônia?

A insônia é uma condição multifatorial, o que significa que diversos fatores podem desencadeá-la. Mas, normalmente a causa é:

·        Predisponente, quando é provocada por fatores genéticos ou alterações congênitas;

·        Precipitante, que ocorre quando é desencadeada por fatores psicossociais;

·        Perpetuante, quando acontece em decorrência de uma doença ou comportamento.

 

Na maioria das vezes, a insônia é resultado de um evento estressor que tem reflexos positivos ou negativos no comportamento e na vida da pessoa como um todo, levando à dificuldade para dormir. Neste caso, entram os seguintes fatores:

·        Problemas de saúde física e mental, como ansiedade, depressão, hipertireoidismo, mal de Alzheimer, dor crônica, entre outros;

·        Uso de medicamentos como analgésicos com cafeína, corticosteroides, antidepressivos, betabloqueadores, sibutramina e anfetamina;

·        Gestação;

·        Menopausa;

·        Alteração de fuso horário ou trabalho no período da noite;

·        Características do ambiente, como ruídos e temperatura desconfortável;

·        Envelhecimento;

·        Hábitos de vida não saudáveis, com consumo exagerado de substâncias estimulantes (cafeína) e drogas (álcool);

·        Não realizar atividades físicas.

 

Sintomas da insônia

A insônia provoca sintomas que são facilmente identificados durante o dia e noite, afetando o paciente por 24 horas. Pela noite, os principais sintomas são:

·        Dificuldade para iniciar e manter o sono;

·        Acordar antes do desejado;

·        Resistência para dormir no horário que considera adequado;

·        Dificuldade para dormir sem ajuda de terceiros.

 

Já a lista de sintomas da insônia durante o dia é mais extensa, abrangendo problemas que afetam a produtividade, como os que são listados a seguir:

·        Fadiga;

·        Dificuldade de atenção, concentração e memorização;

·        Incapacidade de desenvolver e manter vida profissional, pessoal e social;

·        Constante alteração de humor;

·        Sonolência durante todo o dia;

·        Modificações comportamentais como irritabilidade, agressividade e impulsividade;

·        Perda de motivação, sem ter prazer no que antes lhe agradava;

·        Maior propensão a erros;

·        Preocupação com o sono, principalmente com o momento de dormir.

 

Por que dormir é importante?

Durante o sono, nosso corpo realiza uma série de processos essenciais, como a regularização dos hormônios, além de recuperar as energias e otimizar o metabolismo.

Além disso, quando não se dorme bem há um aumento do risco de desenvolver doenças difíceis de serem tratadas, como as do coração, AVC (Acidente Vascular Cerebral), diabetes, obesidade, asma e depressão.

 

Como tratar a insônia

Após o diagnóstico de insônia, que pode ser feito por um médico do sono, há mais de uma opção de tratamento e o profissional da saúde é quem define o que é melhor para o paciente, considerando seu perfil.

Geralmente, utiliza-se uma abordagem farmacológica (com uso de medicamentos) ou não farmacológica (sem medicamentos). Se for a primeira opção, utiliza-se antidepressivos, benzodiazepínicos, entre outros.

Já no que se refere à abordagem não farmacológica, ela tem como foco mudanças no comportamento do paciente para ajudar a ter uma boa noite de sono.

 

Como evitar a insônia

Uma dica eficiente de como evitar a insônia é adotar as boas práticas estabelecidas na abordagem não farmacológica de tratamento. Veja, a seguir, o que você pode fazer:

 

Adote uma higiene do sono

A higiene do sono é uma proposta educativa que tem como foco mudar o estilo de vida da pessoa para melhorar seu sono noturno. Para isso, incentiva-se que o paciente limite sonecas durante a tarde e elimine o consumo de álcool, cafeína e tabaco de noite.

Além disso, deve-se jantar mais cedo e comer alimentos leves, bem como controlar o horário em que dorme e se desperta, para o corpo se acostumar e construir uma rotina regularizada. Dessa forma, fica mais fácil pegar no sono.

 

Elimine estímulos

Não use na cama o que funciona como estímulo para se manter acordado, como celular, assistir a televisão, comer, computador, tablet, entre outros.

 

Pratique técnicas de relaxamento

As técnicas de relaxamento são os exercícios respiratórios, meditação, mindfulness e ioga. Elas reduzem a ansiedade e o estresse, o que ajuda a melhorar o padrão do sono.

 

Invista em produtos naturais

Produtos naturais são dicas perfeitas de como evitar insônia porque ajudam a tratar de forma segura o que provoca problemas de sono. Por exemplo, se a insônia por provocada pela menopausa, o suplemento Black Cohosh é um aliado.

Caso seja desencadeada pela ansiedade, o suplemento 5 HTP consegue inibi-la naturalmente, contribuindo para que consiga dormir melhor. Por isso, esses produtos valem o investimento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário